Freudenberg inaugura nova planta produtiva de filtros no Brasil

Jacareí, 4 de abril de 2013 – Hoje, a Freudenberg Filtration Technologies, empresa do Grupo Freudenberg, inaugurou sua nova planta produtiva no Brasil, em Jacareí (SP), mesma cidade onde a Freudenberg Não Tecidos, que abrigava anteriormente esta unidade no País. Embora não divulgue os investimentos alocados para esta operação, Santiago de Muller, diretor da companhia na América do Sul, atribui a decisão de mudar para uma fábrica totalmente dedicada à produção de filtros de ar e pó das marcas micronAir e Viledon à expansão do negócio de filtros na região. “Nossos resultados são muito positivos. Nos últimos cinco anos, por exemplo, o nosso negócio na área de filtros cresceu três vezes”, informa.

Em 2012, segundo Santiago de Muller, o crescimento da unidade foi de 7% e, para 2013, a empresa trabalha com uma alta de 4%, com projeção de manter uma evolução anual de 5% para os próximos anos. Neste sentido, o executivo ressalta também que a nova planta faz parte do plano de expansão da empresa em âmbito global, a exemplo das novas plantas da empresa inauguradas recentemente na China e na Índia, para a fabricação de filtros automotivos e industriais. “O Grupo Freudenberg está investindo forte na expansão dos seus negócios nos países do grupo BRIC onde está presente com o objetivo de atender cada vez melhor os seus clientes globais. Desta forma, a nova unidade de filtros no Brasil é uma importante etapa do processo de criação da Freudenberg Filtration Technologies do Brasil como uma nova empresa do grupo para incrementar ainda mais o fornecimento de filtros automotivos e industriais para o mercado sul-americano”, comenta.

A nova unidade tem uma área construída de 2,2 mil m2, em um terreno total de quase 5 mil m2, e conta com uma equipe de 80 colaboradores. Suas modernas instalações, segundo Santiago de Muller, permitem incrementar o atendimento aos clientes por meio de uma somatória de fatores, como: melhor distribuição de layout de máquinas, equipamentos e armazenagem; melhor fluxo de produção; melhor fluxo de processo para entrada e saída de produtos (matérias-primas e produtos acabados); e atenção a fatores de conforto para os colaboradores, segurança e sustentabilidade (economia de energia).

 

Filtros de alta tecnologia para os mercados automotivo e industrial
A Freudenberg Filtration Technologies traz consigo o know how de mais de 20 anos do Grupo Freudenberg na produção de filtros de ar, pó e líquidos. A empresa é reconhecida internacionalmente por superar as expectativas dos clientes no atendimento aos maiores desafios das indústrias automotiva, geração de energia, petróleo, fertilizantes, laboratórios, entre outras aplicações.

No caso dos filtros de ar de cabine de veículos, da reconhecida marca micronAir, a empresa fornece produtos para todas as montadoras, além de fornecer peças originais para o mercado de reposição automotiva. Nesta indústria, a empresa afirma que o seu potencial de crescimento está atrelado à evolução da própria indústria automobilística. “À medida que o Brasil produz mais veículos, nossa produção aumenta para atender as montadoras, além de trabalhar também para ampliar nossa participação no aftermarket”, comenta Carlos Matos, gerente de mercado automotivo.

No caso do fornecimento para a indústria, a empresa projeta crescimento no atendimento ao aumento das demandas em filtração em algumas indústrias estratégicas, como petróleo e gás, termoelétricas, entre outras. Para o mercado, os produtos fabricados pela companhia têm o diferencial de ter alta tecnologia e engenharia empregada, que garantem maior durabilidade e, consequentemente, geram benefícios no que diz respeito ao menor tempo de paradas das máquinas para manutenção e substituição dos equipamentos de filtração. “Desenvolvemos soluções inovadoras para garantir alta qualidade de filtração e contribuir para melhorar os processos das indústrias clientes”, comenta Rubens Alacrino, gerente de mercado industrial.

 

Executivos do Grupo Freudenberg prestigiam a inauguração da nova planta
A cerimônia de inauguração da nova unidade teve a presença de autoridades e dos principais executivos da empresa no mundo e do Grupo Freudenberg no Brasil, como, por exemplo: Andreas Kreuter, presidente mundial da Freudenberg Filtration Technologies; Juan Carlos Borchardt, presidente da Freudenberg Não Tecidos na América do Sul e África do Sul e representante regional do Grupo Freudenberg na América do Sul; Santiago de Muller, diretor da Freudenberg Filtration Technologies América do Sul; Enrique Schwarck, diretor da planta; Sonia Mancilha e Klaus Homberg, diretores da Freudenberg Não Tecidos; e os principais executivos da Chem-Trend, EagleBurgmann, Freudenberg-NOK, Klüber Lubrication e SurTec.