Freudenberg assume os 50 por cento da participação da Trelleborg na Vibracoustic

A Freudenberg assumiu, neste mês, a participação dos outros 50% detidos pela Trelleborg AB, Trelleborg, Suécia, na joint venture com a Vibracoustic GmbH, Darmstadt. A transação foi aprovada pelas autoridades competentes. Em 2015, a Vibracoustic obteve vendas totais de € 2 bilhões, com um total de 9.400 colaboradores em todo o mundo. "Por meio da cooperação com os negócios da empresa de controle de vibração da Trelleborg, a Vibracoustic tornou-se líder global em tecnologia no mercado de componentes de controle de vibração na indústria automotiva. Na condição de único acionista, agora temos mais flexibilidade para continuar a desenvolver e apoiar a Vibracoustic tanto estrategicamente como financeiramente ", comenta o Dr. Mohsen Sohi, CEO do Grupo Freudenberg.

"A Vibracoustic e os nossos clientes continuarão a se beneficiar da orientação de longo prazo do Grupo Freudenberg e de sua solidez financeira. A Vibracoustic tem um portfólio de produtos único de soluções de controle de vibração para veículos de passeio e comerciais", explica Frank Müller, CEO da Vibracoustic.

A empresa foi fundada em julho de 2012 como uma joint venture 50:50 entre o Grupo Freudenberg e a Trelleborg. Naquela época, a Freudenberg trouxe a Unidade de Negócios Vibracoustic para uma joint venture com os negócios de controle de vibração da Trelleborg.

Hoje, a Vibracoustic fornece para quase todos os fabricantes de veículos de passeio e comerciais, e como fornecedor global líder de componentes que visivelmente aumentam o conforto, segurança e a longevidade dos veículos. Rolamentos, suportes, molas, isoladores e amortecedores reduzem o ruído e as vibrações causadas por condições adversas.

No Brasil, possui uma fábrica em Guarulhos (SP), que conta com aproximadamente 500 colaboradores. A unidade - certificada com ISO TS 16949, ISO 14001 e OHSAS 18001 -, oferece serviços de Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) para OEMs globais e para o mercado local, além de fabricar suportes de motor (coxins), buchas de chassis, de exaustão e de suspensão.

A área de engenharia da empresa desenvolve tecnologias de amortecimento de vibrações por meio de uma rede global de Pesquisa & Desenvolvimento. Novos insights são adquiridos na fabricação e engenharia dos materiais e métodos modernos de cálculo desempenham um papel fundamental. O foco não está apenas nos componentes individuais, mas também no seu efeito sobre o veículo.

 No passado, a Vibracoustic registrou um crescimento orgânico maior do que o crescimento do mercado e, em 2015, a empresa registrou vendas de € 1.94 bilhões (ano anterior: € 1.77 bilhões), com 9.354 colaboradores (ano anterior: 9.020 colaboradores). Com base na participação de 50% realizada até agora, as vendas pró-rata atribuídas à Freudenberg aumentaram em € 970,9 milhões (ano anterior: € 889,6 milhões), com 4.677 colaboradores (ano anterior: 4.510 colaboradores).